Relógio carbônico

Blog monitorado

Monitoramento de terremotos

Image and video hosting by TinyPic

O sol hoje! clique aqui.

sun

Clique e veja a lua

moon

Clique e veja nosso planeta.

eart

Tempo

OBA

TRADUTOR

Arquivo do Blog

Parceria

QUÍMICA PERIÓDICA

EDUCADORES MULTIPLICADORES

ESPAÇONAVE TERRA - SEMANA 21

Category: 0 comentários

Soyuz TMA-15 foi lançada hoje rumo a ISS.

O lançamento da nave Soyuz TMA-15 foi um sucesso, o lançamento foi realizado na plataforma de lançamento em Baikonur, no Cazaquistão.
A chegada da nova tripulação da Soyuz à Estação Espacial Internacional marcará a ampliação da capacidade da ISS. Desta vez, o grupo de astronautas será somado a tripulação atual e seis pessoas passarão a ocupar a plataforma orbital.

Farão parte da nova missão o cosmonauta russo Roman Romanenko, o canadense Robert Thirsk e o astronauta da Agência Espacial Europeia Frank de Winne.

Atualmente estão na ISS, o comandante da missão o russo Gennady Padalka, o astronauta da Nasa Michael Barratt e o astronauta japonês Koichi Wakata.

Durante 180 dias, os astronautas receberão três cargueiros Progress, farão manobras com a Soyuz TMA-14 e deverão acoplar e separar o cargueiro japonês HTV-1, além de realizarem um amplo programa de experimentos científicos.

veja lançamento abaixo:



Category: 0 comentários

ESPAÇONAVE TERRA - SEMANA 20

Category: 0 comentários

Atlantis Está de volta para casa depois de missão no espaço.

O ônibus espacial Atlantis, está de volta para casa, depois de os astronautas fazerem os reparos cabíveis no telescópio Hublle, hoje o onibus espacial está de volta. Veja vídeos do pouso e da chegada dos astronautas abaixo:




PARA SABER MAIS DA MISSÃO STS - 125 CLIQUE AQUI!!!
Category: 0 comentários

Conjunção celeste



Nesta madrugada já foi observado na cidade de Umarizal RN a conjunção celeste prevista aqui no blog, infelizmente as condições climáticas não favoreceram para a observação perfeita da conjunção, no entanto, foi ainda captada esta imagem mostrando parte da conjunção prevista, nela vemos a lua e o planeta Vênus, Marte ficou oculto devido a luz do sol já invadir o céu que antes estava coberto por nuvens carregadas de água.

Esta fotografia foi feita pela aluna Simara Fernandes - Estudante da Terceira Série do Ensino Médio - Colégio Efetivo/Unidade II.

O blog Ciências aqui!!! agradece a sua cooperação. Um abraço...

Para saber mais sobre a tripla conjunção CLIQUE AQUI!!!
Category: 0 comentários

Conjunção celeste é destaque nas próximas madrugadas

Nem é preciso dizer que as conjunções planetárias são os espetáculos mais belos do firmamento. E se a Lua estiver presente o show ganha mais beleza ainda. E é isso que vai acontecer nos próximos dias, tornando as frias madrugadas muito mais interessantes e charmosas.
Nas próximas duas madrugadas (quinta-feira e sexta-feira) uma espetacular tripla conjunção celeste vai dominar o céu noturno do quadrante leste. Ali, juntos pela segunda vez no ano estarão presentes a Lua, Vênus e Marte, formando uma composição natural de encher os olhos de qualquer amante do céu. Se você é do tipo que gosta de acordar cedo (ou prefere dormir mais tarde), esse espetáculo foi feito pra você!


Na próxima madrugada o trio de astros estará aparentemente colado. Naturalmente, a aparente aproximação não significa que eles estejam de fato juntos. Muito pelo contrário. A Lua, agora em sua fase minguante, estará a 374 mil km de distância enquanto Vênus está a 86 milhões de quilômetros e Marte a 303 milhões de quilômetros. A figura abaixo ajuda a compreender melhor.
Apesar de bem longe, Marte brilha bem forte e reluz como uma estrela de 1.35 magnitudes. Apesar de bem visível, Marte é quase uma "estrelinha" quando comparado à Vênus, que brilha tanto quanto um farol de magnitude -4.32, cerca de 100 vezes mais forte que o planeta vermelho.


Na sexta-feira a conjunção continua, mas com a Lua bem mais abaixo e praticamente invisível, já que a fase nova está quase chegando.

Vendo o Espetáculo
Para ver a conjunção não será preciso nenhum equipamento especial. É só olhar no quadrante leste, aquele em que o Sol nasce, a partir das 04h00. O show celeste poderá ser apreciado até que os primeiros raios de Sol ofusquem o brilho dos planetas, mas Vênus e Lua ainda poderão ser vistos mesmo após o dia clarear.

Como as noites e início da manhã têm sido bastante frios, não se esqueça de sair agasalhado. De resto é só curtir o que a natureza nos deu. Bons céus!
Créditos: Apollo 11

Hubble está consertado e é solto hoje no espaço


Após cinco passeios espaciais realizados a 540 km de altitude, os astronautas da missão STS-125 do ônibus espacial Atlantis finalizaram com sucesso todas as etapas de reparo e upgrade do super telescópio Hubble e às 16h22 da segunda-feira (18 de maio) travaram definitivamente as portas de acesso ao telescópio, que nunca mais receberá uma visita humana.
Esta foi a quinta e última viagem de um ônibus espacial ao telescópio, que recebeu 250 milhões de dólares de novos equipamentos. Ao cerrar a escotilha que dá acesso ao espaço exterior, o centro de controle da missão exclamou: "Bom trabalho Atlantis, esse é mesmo um excelente dia!".


EVA 5

O quinto passeio espacial começou com uma hora de antecedência devido à necessidade de trocar um escudo térmico que não fora instalado no passeio anterior, repleto de dificuldades. Dessa vez as atividades transcorreram normalmente, com os astronautas John Grunsfeld e Andrew Feustel substituindo o segundo conjunto de baterias e o Sensor de Guiagem Fina FGS, necessário para manter a orientação do telescópio.O sensor funciona focalizando uma determinada estrela, que servirá como guia. Qualquer pequena mudança na posição do Hubble é então calculada pelo computador de bordo, que reposiciona novamente o telescópio para a posição correta, mantendo o objeto no centro do alvo. Segundo a Nasa, o sensor tem precisão suficiente para manter o telescópio apontado para uma moeda de um centavo a 700 quilômetros de distância.

Após a instalação das baterias e do FGS, os astronautas substituíram o NOBL, uma espécie de cobertura de aço que protege o telescópio do severo ambiente espacial, fornecendo proteção térmica para os equipamentos dentro do Hubble. O trabalho foi bastante confuso, com pedaços da cobertura antiga se quebrando e flutuando pelo espaço. "Minha intenção era recuperar os pedaços e trazê-los de recordação", disse o astronauta Grunsfeld, em sua terceira viagem ao telescópio. Grunsfeld, que é astrofísico, pretende utilizar as futuras imagens do Hubble em um estudo que está fazendo sobre a Lua.
Liberação do Hubble - Terça-feira
Nesta terça-feira o telescópio Hubble é retirado do compartimento de carga da ISS e lançado novamente ao espaço. A operação é feita com o uso do braço robótico Canadarm, operado pela especialista Megan McArthur, que acordou a tripulação da Atlantis ao som da música “Lie in Our Graves”, executada pela banda Dave Matthews Band.
Category: 0 comentários

Reparo no Espectrógrafo Imageador


No último domingo foi a vez dos astronautas Michael Massimino e Mike Good saírem da Atlantis. O objetivo dos especialistas era reparar o Espectrógrafo Imageador do Telescópio Espacial, STIS, instalado durante a segunda missão de serviço em 1997 e parcialmente parado desde 2004 devido a um curto-circuito. Desde então o instrumento era mantido em modo de segurança.

Ao contrário da EVA anterior que foi realizada dentro do prazo, Good e Massimino levaram 7 horas e 40 minutes para completar a tarefa de conserto da câmera. Os problemas começaram quando um dos quatro parafusos que dão acesso aos instrumentos "emperrou", forçando os astronautas e engenheiros da Nasa a trocarem diversas vezes as pontas da chave de fendas, mas sem sucesso.
O problema foi resolvido sem a remoção do parafuso, quando Massimino recebeu sinal verde dos engenheiros para "forçar" um dos suportes e tentar romper o prendedor. A idéia deu certo e os trabalhos de manutenção puderam continuar.

Os problemas voltaram a ocorrer instantes depois, durante a remoção dos 111 parafusos que prendem a cobertura metálica do instrumento STIS. Desta vez o problema ocorreu com uma das caras chaves de fenda que simplesmente parou de funcionar, obrigando Massimino a retornar ao ônibus espacial para trocar a ferramenta por outra de reserva.

A tampa só foi removida após duas horas de trabalho, permitindo que o especialista alcançasse a placa de componentes eletrônicos do instrumento. Depois de inspecionar a nova placa, Massimino finalmente substituiu o equipamento, recebendo dos engenheiros a confirmação de que o instrumento estava operando corretamente.
Category: 0 comentários

Astronautas instalam o moderno Espectrógrafo de Origens Cósmicas e Câmera Avançada de Pesquisas

A terceira EVA (atividade extraveicular) foi realizada neste sábado às 09h16 pelo horário de Brasília e teve como objetivo principal a instalação do moderno Espectrógrafo de Origens Cósmicas, COS e da Câmera Avançada de Pesquisas, ACS.

O COS é um espectroscópio que "vê" apenas no comprimento de onda ultravioleta, capaz de decompor a luz proveniente de galáxias em evolução ou planetas em formação, permitindo aos cientistas conhecerem os elementos químicos que compõe os objetos. De acordo com a Nasa, o novo equipamento aumentará em 70 vezes a capacidade de observação de objetos muito tênues.

Da mesma forma que a câmera WCF3, substituída na primeira EVA, o COS será instalado no local de outro equipamento que será substituído. Neste caso a peça a ser trocada será o COSTAR, um dispositivo instalado no Hubble durante a primeira missão de reparos em 1993 e que foi utilizada para corrigir uma imperfeição do espelho principal do telescópio. Desde a primeira missão de consertos, todos os instrumentos trocados já englobavam a tecnologia de correção, assim o Costar não é mais necessário.

A ACS é a uma das principais câmeras do Hubble e é a responsável pelas mais belas imagens captadas pelo telescópio. Segundo a Nasa, o conserto desses dois equipamentos é comparado a uma verdadeira cirurgia cerebral, tamanha a complexidade e delicadeza da operação.
Category: 0 comentários

ESPAÇONAVE TERRA - SEMANA 19

Category: 0 comentários

Olimpíada Brasileira de Astronomia.


Terminou as atividades da OBA, nós do Colégio Efetivo participamos de todas as atividades propostas pelos coordenadores gerais, este ano, ampliamos o número de alunos participantes e estendemos a OBA à todo ensino fundamental da unidade 1 - Martins RN e Ensino Médio - Unidade 2 - Umarizal RN. As Provas foram realizadas no colégio dia 15 de Maio às 7hs da manhã até ás 22hs. Esperamos que o resultado destas provas sejam satisfatórios assim como o ano passado, já que conseguimos o terceiro lugar nacional na prova e o segundo lugar nacional na olimpíada de foguetes - OBFOG; Falando em OBFOG,estamos concluíndo as atividades práticas relacionadas ao lançamento de foguetes, o atraso é devido as condições climáticas da região que estão atrapalhando os lançamentos, mas esta semana terminaremos com todos os lançamentos, este ano a disputa é acirrada entre A Unidade I e Unidade II, o favoritismo, pende para as turma da primeira série dos dois colégios, hoje a primeira série - UNIDADE I surpreendeu com o seu lançamento oficial, ano passado a medalha saiu desta turma, aqui no blog serão postados vídeos do lançamento e o resultado final da III OBFOG, fiquem atentos.
Desde já eu parabenizo todas as equipes participantes e todos os alunos que participaram da OBA além de parabenizar a equipe de colaboradores que fizeram um papel perfeito, um abraço.
Confiram algumas fotos que foram feitas este ano, breve, breve tem mais aqui no blog:








Astronautas trocam baterias e giroscópios do telescópio Hubble

Após quase oito horas no espaço exterior, os astronautas Michael Good e Mike Massimino realizaram na sexta-feira (15 de maio) a segunda caminhada espacial da missão STS-125 para o conserto do telescópio espacial Hubble. A caminhada teve início às 09h49 e finalizou às 17h15 e foi a oitava mais longa atividade extraveicular da história espacial.
A segunda caminhada, de um total de cinco previstas para a missão, cumpriu todos os objetivos programados, entre eles a troca das três unidades RSU (rate sensing units) que contêm os giroscópios que ajudam a manter a orientação espacial do telescópio.

Além das RSUs, Massimino e Good removeram da baia 2 uma das baterias do telescópio e a substituíram por uma nova unidade. O segundo conjunto de baterias será substituído da baia 3 na segunda-feira, pelos especialistas John Grunsfeld e Andrew Feustel. A função das baterias é fornecer energia quando o telescópio passa pela zona de sombra da Terra e seus painéis solares não ficam expostos ao Sol.

Quarenta minutos após a instalação dos módulos, a equipe do Centro de Controle do Telescópio Espacial, localizada no Centro Espacial Goddard, da Nasa, confirmou o correto funcionamento dos seis giroscópios e das baterias.
Category: 3 comentários

Astronautas instalam com sucesso câmera de ângulo largo

O primeiro dia de atividades extraveiculares, realizado na quinta-feira (14 de maio) foi um dos mais cansativos para os astronautas que realizam os reparos e upgrades no telescópio espacial Hubble. Inicialmente calculada para durar 6 horas e 30 minutos, a missão se estendeu por quase uma hora além do tempo previsto, durando 7 horas e 20 minutos.

Após iniciar as atividades, os especialistas John Grunsfeld e Andrew Feustel levaram 15 minutos para soltar um dos parafusos do telescópio Hubble, que teimava em não se soltar. Quando finalmente foi retirado, os astronautas deram início à remoção da antiga Câmera Planetária de Ângulo Largo, WFPC2, que foi retirada para liberar espaço para a nova Câmera de Campo Largo WFC3.
operação de instalação levou aproximadamente quatro horas e teve seu funcionamento confirmado pelo Centro de Controle do Telescópio, localizado no Centro Espacial Kennedy, de onde também partem as ordens da missão STS-125 do ônibus Atlantis. Após a instalação da WFC3 os astronautas substituíram um dos computadores do Hubble, o SIC&DH.

Antes de finalizarem a atividade extraveicular, Grunsfeld instalou um mecanismo que permitirá que uma futura nave agarre o telescópio e o traga até o ponto de reentrada na atmosfera, ao término da missão Hubble. Além desse mecanismo Grunsfeld instalou dois dispositivos na porta de abertura do telescópio, com o objetivo de favorecer o trabalho dos astronautas nas próximas atividades programadas para a missão.

Segunda EVA
O segundo dia de atividades teve início às 09h49 e deverá durar 6 horas e 30 minutos. Nesse período os astronautas Michael Good e Michael Massimino efetuarão reparos nos giroscópios do telescópio e substituição de baterias.

Lançamento da Atlantis rumo ao telescópio espacial Hubble foi um sucesso.

O ônibus espacial Atlantis foi lançado com sucesso na tarde dessa segunda-feira da base do Centro Espacial Kennedy na Flórida. O lançamento ocorreu sem qualquer suspensão da contagem regressiva e a nave entrou em órbita 8 minutos após a ignição dos motores principais.
Durante os próximos dois dias as tarefas espaciais mais importantes compreenderão a inspeção do escudo de proteção térmico da Atlantis e as manobras de aproximação do telescópio espacial Hubble, que será resgatado na quarta-feira, 13 de maio, às 13h54 pelo horário de Brasília.

No dia 14 de maio terá início a primeira atividade extraveicular e as operações de conserto e upgrade do telescópio. As atividades serão feitas externamente pelos astronautas John Grunsfeld e Andrew Feustel, auxiliados pela astronauta Megan McArthur que comandará o braço robótico Canadarm.

Acompanhem o lançamento no vídeo abaixo. Realmente um espetáculo de tecnologia.

Atlantis parte hoje em missão que supera 1 bilhão de dólares


Se tudo correr conforme o planejado, na tarde desta segunda-feira terá início a mais cara e intrincada operação de conserto jamais realizada no espaço. Exatamente às 15h01 pelo Horário de Brasília, a agência espacial americana, Nasa, acionará os foguetes que levarão o ônibus espacial Atlantis a se encontrar com o telescópio Espacial Hubble, o principal observatório orbital dos EUA.
A missão, batizada oficialmente de STS-125, será realizada em 11 dias e durante o tempo de permanência no espaço serão realizadas cinco atividades extraveiculares (passeios espaciais) com duração de mais de 31 horas. Com a missão a Nasa espera adicionar pelo menos mais cinco anos de funcionamento ao telescópio Hubble, considerado pelos cientistas norte-americanos como o mais importante observatório espacial dos EUA, responsável pelas mais importantes observações astronômicas realizadas até agora. De acordo com a agência americana o valor estimado da missão supera 1.1 bilhão de dólares.

"Cada minuto no espaço é muito, muito caro. Não haverá tempo a perder e todas as tarefas serão realizadas com pouquíssima margem de erro", disse Bill Gerstenmaier, diretor da Nasa para a missão de conserto.

Muito caro
Estima-se que a Nasa tenha direcionado aproximadamente 100 milhões de dólares com o projeto e construção das 60 novas ferramentas que serão usadas nos consertos. Uma das novas chaves de fenda, por exemplo, é capaz de rotacionar a 240 rpm (rotações por minuto), quatro vezes mais rápido que as ferramentas atuais da Nasa, e será usada para remover rapidamente os 150 parafusos que prendem os painéis do telescópio. Somente esta ferramenta teve um custo de desenvolvimento estimado em 1 milhão de dólares.

Outra ferramenta que foi projetada especialmente para a missão permitirá aos astronautas removerem placas de circuito impresso sem precisar tocar em seus cantos pontiagudos, o que poderia representar riscos aos caros trajes espaciais. Além disso, desenvolveram compartimentos que impedirão que os parafusos retirados dos painéis flutuem para longe no espaço.

A Nasa é reconhecida por pagar muito dinheiro por itens relativamente simples usados em suas missões. No ano passado uma astronauta perdeu no espaço uma bolsa de acrílico contendo uma pistola de graxa, uma raspadeira e um saco de lixo e que segundo a agência custava 100 mil dólares.

Lançamento
O lançamento do ônibus espacial Atlantis será feito às 15h01 pelo Horário de Brasília a partir da plataforma 39-A da base de Cabo Canaveral, na Flórida. Segundo o centro de meteorologia e previsão do tempo da Nasa, existem 90% de probabilidade de que as condições do tempo permaneçam adequadas ao lançamento.

O preenchimento do gigantesco tanque externo de combustível teve início às 05h41, quando os engenheiros deram sinal verde para a abertura das válvulas, liberando o fluxo de 1.5 milhões de litros de hidrogênio e oxigênio líquidos responsáveis pela alimentação dos três foguetes principais do ônibus espacial.

VEJA PROGRAMAÇÃO DA MISSÃO:

11 maio - 15h01 - Lançamento do ônibus espacial
12 maio - 10h01 - Inspeção da proteção térmica da estrutura do ônibus
13 maio - 13h54 - Captura do Telescópio Hubble
14 maio - 09h16 - 1º passeio espacial: Instalação da Câmera de Campo Largo
15 maio - 09h16 - 2º passeio espacial: Substituição dos giroscópios e baterias
16 maio - 09h16 - 3º passeio espacial: Instalação do instrumento COS - Câmera de Origens Cósmicas
17 maio - 09h16 - 4º passeio espacial: Reparo do Espectrógrafo Imageador STIS
18 maio - 09h16 - 5º passeio espacial: Reparo do sensor de guiagem fina e substituição de baterias
19 maio - 09h53 - Liberação do telescópio Hubble
19 maio - 13h51 - Última inspeção do escudo de proteção térmica
20 maio - 09h31 - Conferência de imprensa com os astronautas
21 maio - 08h11 - Checagem dos sistemas de vôo da Atlantis
21 maio - 13h16 - 1º Entrevista com os astronautas
21 maio - 18h01 - 2º Entrevista com os astronautas
22 maio - 12h41 - Retorno da Atlantis ao Centro Espacial Kennedy
Category: 0 comentários

Plastico biodegradável será produzido no Brasil em larga escala.


Uma empresa brasileira vai produzir anualmente 200 mil toneladas de matéria-prima para a produção de plásticos a partir da cana-de-açúcar, um material totalmente biodegradável que pode se decompor na natureza um ano depois de descartado. O plástico tradicional, que tem o petróleo como matéria-prima, leva mais de 200 anos para degradar-se completamente.

Plástico verde

Outras empresas também já usam tecnologias para produção de plástico biodegradável no país, mas essa experiência é a primeira a funcionar em larga escala. A iniciativa é da empresa petroquímica Braskem que lançou ontem (22) em Triunfo, no Rio Grande do Sul, a pedra fundamental do Projeto Verde da empresa, planta industrial da fábrica cujas obras vão gerar 1.500 empregos.

A unidade deverá estar concluída no final do próximo ano e consumirá investimentos de R$ 500 milhões. Segundo o responsável pela comercialização de polímeros verdes da Braskem, Luiz Nitschke, essa será a primeira operação em escala comercial no mundo da produção de polietileno verde a partir de matéria-prima 100% renovável.

Plástico alternativo

Nitschke informou que a produção será destinada ao mercado desse produto alternativo, que consome em todo o mundo 70 milhões de toneladas de polietileno por ano. O consumo de plásticos provenientes de todas as origens chega a 200 milhões de toneladas ao ano, de acordo com ele.

Inicialmente será usada cana proveniente de São Paulo, mas o projeto vai estimular também a exploração da cultura no estado. O zoneamento agrícola da cana-de-açúcar no Rio Grande do Sul foi divulgado na semana passada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Polietileno biodegradável

O polietileno biodegradável vai ser produzido a partir de uma resina sintetizada do etanol e permitirá a fabricação de tanques de combustível para veículos, filmes para fraldas descartáveis, recipientes para iogurtes, leite, xampu, detergentes.

O polietileno é fornecido à indústria em forma de bolinhas que são então transformadas nas embalagens ou em peças para diversas finalidades, como para a indústria de brinquedos.

Nitschke afirma que usar álcool para produzir polietileno não vai provocar impacto na produção de açúcar ou de combustível, tendo em vista a potencialidade do Brasil nessa área. O país, conforme destacou o executivo, produz 500 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano e praticamente metade vai para a industrialização do etanol e os 50% restantes para a produção do açúcar.



Fonte: Blog - Ensino de química.
Artigo original: You might like these stories
Category: 0 comentários

ESPAÇONAVE TERRA - SEMANA 18

Category: 0 comentários

ESPAÇONAVE TERRA - SEMANA 17

Category: 0 comentários

ENVIE UM EMAIL PARA O BLOG CIÊNCIAS AQUI!!!

Quem sou eu

Minha foto

Sou professor da rede privada de ensino lecionando as disciplinas Física, Química, Matemática e Ciências no COLÉGIO EFETIVO/MARTINS - RN. Graduado em Ciências com habilitação em Matemática - Licenciatura Plena - pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN -, graduado em Física - Licenciatura Plena - pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Professor de Física aplicada a radiologia, física aplicada ao petróleo e gás e Desenho técnico de cursos técnicos ministrados pela CENPE cursos, unidade Patu RN

Postagens populares

Seguidores