Relógio carbônico

Blog monitorado

Monitoramento de terremotos

Image and video hosting by TinyPic

O sol hoje! clique aqui.

sun

Clique e veja a lua

moon

Clique e veja nosso planeta.

eart

Tempo

OBA

TRADUTOR

Arquivo do Blog

Parceria

QUÍMICA PERIÓDICA

EDUCADORES MULTIPLICADORES

RESERVATÓRIOS DE ÁGUA NO RN PREOCUPAM


Tribuna do Norte – O Rio Grande do Norte tem 12 cidades que dependem exclusivamente da água trazida pelos carros-pipa. A maioria está na região do Alto Oeste. São elas: Luís Gomes, Riacho de Santana, Água Nova, Pilões, João Dias, Antônio Martins, Olho D’água dos Borges, Serrinha dos Pintos, Doutor Severiano, Equador, Carnaúba dos Dantas e São José do Seridó. O Governo do Estado reconheceu a paralisação dos sistemas nesses municípios.
A escassez de água afeta diretamente as zonas rurais de 122 municípios no Estado, ou seja, 73% das cidades potiguares. Essa é considerada a pior estiagem dos últimos 30 anos. Na Operação Pipa, o Governo do Estado atende 28 cidades e o Exército, outras 94. A Defesa Civil do RN contratou 31 carros-pipa que distribuem água para a 26.727 pessoas. Já o Exército atua com 246 carros-pipa e beneficia 199.198 pessoas.
O Governo do Estado divulgou as ações que estão sendo realizadas para o enfrentamento da estiagem. Uma dessas soluções é o monitoramento dos mananciais de abastecimento. Obras estruturantes, monitoramento de mananciais e a busca de fontes alternativas de abastecimento completam as ações.
Segundo o secretário de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Gilberto Jales, 12 poços foram perfurados na cidade de Luís Gomes, que também recebe o reforços de carros-pipa. A previsão é que sejam perfurados mais 52 poços, até fevereiro, principalmente na Região do Alto Oeste que apresenta a situação mais crítica. A Região do Seridó começa a apresentar cidades com colapso de abastecimento.
Estão sendo feitas 700 barragens subterrâneas sob a responsabilidade do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). Outras duas mil barragens estão previstas. A Caern, juntamente com a Semarh e o Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte (Igarn), trabalha para a busca de novas fontes de abastecimento e no planejamento para eventuais necessidades de racionamento.



Category: 0 comentários

MAIS UMA PREVISÃO DO FIM DO MUNDO?

Asteróide Apophis 2036


No dia 8 de janeiro de 2013 tivemos uma visitinha do asteróide que pode destruir com muita coisa em 2036. No último dia 8 o Apophis passou aqui perto da terra e continuará passando.
A distância?  Cerca de 14,45 milhões de quilômetros da Terra, e voltará a aparecer por perto daqui nos próximos anos, com uma possibilidade — considerada extremamente remota — de atingir nosso planeta em 2036.
No final de 2012 e início deste ano, tem sido possível observar o Apophis usando equipamentos ópticos e radares. Espera-se que os dados coletados por pesquisadores até agora poderiam possibilidade uma melhoria significativa em nosso entendimento da órbita do asteroide, assim como destruir qualquer possibilidade de um impacto com a Terra no dia 13 de abril de 2036.
Se isso realmente acontecer, o Apophis, que tem um diâmetro de 300 metros, causaria uma explosão 100 mil vezes mais poderosa do que a provocada pela bomba atômica de Hiroshima.
Não há, porém, com o que se preocupar. Para os astrônomos, o Apophis é mais uma curiosidade do que uma ameaça. Em uma entrevista em 2010 para o site EarthSay, David Helfand, ex-diretor do Departamento de Astronomia da Universidade de Columbia, assegurou que o risco do Apophis atingir da Terra é "essencialmente zero".
O asteoide foi descoberto em 2004. Na ocasião, os astrônomos calcularam que havia uma possibilidade muito pequena (cerca de 2,7%) de que ele atingiria a Terra em 2029. A probabilidade do impacto foi rapidamente descartada, para, pouco depois, ser substituída por outra, que seria em 2036. Acreditava-se que as chances de que o Apophis atingisse nosso planeta neste ano fosse de uma em 45 mil.
Em outubro de 2009, porém, as estatísticas foram novamente atualizadas, e a possibilidade do impacto foi novamente reduzida. Hoje, ela seria de uma em 250 mil.
Com esta nova aproximação, os astrônomos poderão avaliar e atualizar a probabilidade de risco de colisão com o nosso planeta. Vamos torcer para que o Apophis não passe pela região de campo de atração gravitacional que possa desviar a sua trajetória e assim por em risco a paz aqui no nosso planeta, no entanto, existe a possibilidade e estamos atentos a ela, é uma possibilidade remota, mas, é uma possibilidade.
Category: 0 comentários

CONFIRA O RESULTADO FINAL DO VESTIBULAR 2013 DA UFRN.


CLIQUE AQUI!!!

Category: 0 comentários

ENVIE UM EMAIL PARA O BLOG CIÊNCIAS AQUI!!!

Quem sou eu

Minha foto

Sou professor da rede privada de ensino lecionando as disciplinas Física, Química, Matemática e Ciências no COLÉGIO EFETIVO/MARTINS - RN. Graduado em Ciências com habilitação em Matemática - Licenciatura Plena - pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN -, graduado em Física - Licenciatura Plena - pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Professor de Física aplicada a radiologia, física aplicada ao petróleo e gás e Desenho técnico de cursos técnicos ministrados pela CENPE cursos, unidade Patu RN

Postagens populares

Seguidores